sexta-feira, 6 de julho de 2012

CRUZ BAPTISMAL

De reminiscência catacumbal, ou seja, dos primórdios da era cristã, esta cruz representa Cristo com um P, ao qual se sobrepõe um X, o que significa “Christus Pax”.

Trata-se de uma cruz de oito braços iguais, que surge da sobreposição de dois elementos em harmonia – uma cruz grega de quatro braços iguais e uma letra X, inicial da palavra Xristós, Cristo, que significa Messias, ou seja, Ungido.

A messianidade de Jesus como salvador tem o seu ponto culminante na cruz, símbolo evidente de todos os cristãos. No complexo simbolismo da cruz, não se nega nem se substitui, apenas se ratifica, o sentido histórico na realidade do cristianismo.

Aqui residem dois factores essenciais – a da cruz propriamente dita e a crucificação, ou estar sobre a cruz. Em primeiro lugar, a Cruz oferece-se como uma derivação dramática, como uma inversão da árvore da vida paradisíaca.

Esta Cruz Baptismal tem pois um profundo significado, dado que através do sacramento do Baptismo somos incorporados a Cristo, participando, com Ele e n’Ele, da sua Paixão, Morte e Ressurreição.

Para além disso, o Mistério de Cristo é apenas um – Morte e Ressurreição não podem separar-se como causa da nossa salvação.

Daí que a Ressurreição também esteja representada nesta Cruz Baptismal através do número dos seus braços – oito.

Recorde-se que a Ressurreição de Cristo teve lugar “no primeiro dia da semana” ou, socorrendo-nos do Génesis, no “oitavo dia” da Criação, o dia da regeneração de todas as coisas de Cristo.

HÉLDER GONÇALVES

1 comentário:

  1. Deus não muda e o justo vivera pela Fé
    yuo-tube

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...