terça-feira, 10 de setembro de 2013

Festa da Vida - 8º Ano



O cortejo processional inicia-se a partir do fundo da Igreja em direcção ao Altar.
Em primeiro lugar irá um jovem com o cartaz: “Festa da Vida”, em seguida:um pai com a cruz e uma mãe com a Bíblia ( o leccionário ) e jovens com velas acesas, ligeiramente levantadas, e, por fim, o presidente da celebração.
Em frente ao altar estará uma mesa; nela, colocar-se-á a cruz.




Cântico inicial:

O Senhor ressuscitou, vencendo a morte na cruz
Nossa esperança está n’Ele, é o nosso Salvador.
P’ra trás ficou o temor, a dúvida e a pouca fé:
Façamos já realidade um reino novo de amor

Somos testemunhas da ressurreição.
Ele está aqui, está presente, é Vida e é verdade.
Somos testemunhas da ressurreição
Ele está aqui, Seu espírito nos move para amar.

Tu nos reúnes, Senhor, à volta do vinho e do pão
E nos convidas a ser a luz do mundo e o sal
Onde haja ódio e dor, faremos presente a Tua paz
Em cada gesto de amor, Maria, mãe estará.



* Saudação do Sacerdote



Introdução à celebração

Jovem: 
- Estamos reunidos para fazer festa! A Festa da vida, a Festa da Aliança de Amor e de comunhão entre Deus e o homem em Jesus Cristo. Ele é a Vida!
- Queremos celebrar a Vida, o mistério Pascal de Jesus Cristo, a Festa de todos os começos, o primeiro dia da Nova Criação!
- Estamos reunidos porque acreditamos que Jesus Cristo é o único capaz de nos entusiasmar, de dar sentido à nossa existência e, de nos levar à construção do Reino pelo serviço.
- Estamos felizes por viver esta relação profunda de Deus com os homens em Jesus Cristo. Estamos felizes porque somos chamados a testemunhar a verdadeira vida, já presente no meio de nós, na Pessoa de Jesus Cristo.


* Momento Penitencial

Sacerdote: Senhor Jesus, sois a nossa alegria, a nossa festa. Das nossas tristezas e desalento, tende piedade de nós.

Todos: Senhor, tem piedade de nós
.
Sacerdote: Cristo Jesus, sois a nossa confiança, a nossa salvação. Dos nossos medos e inquietações, tende piedade de nós.

Todos: Cristo, tem piedade de nós.

Sacerdote: Senhor Jesus, sois a nossa paz, o nosso amor.Das nossas guerras e dos nossos ódios, tende piedade de nós.

Todos:  Senhor, tem piedade de nós.



* Cântico do Glória

O refrão será cantado por todos e a restante letra cantada por dois adolescentes. Enquanto se canta os adolescentes colocam as suas velas junto da Cruz.

Glória, glória a Deus, glória a Deus, glória
E paz na terra aos homens que ama o Senhor.  4x

Senhor Deus, Rei dos Céus,
Deus Pai todo-poderoso:
nós Vos louvamos,
nós Vos bendizemos,
nós Vos adoramos,
nós Vos glorificamos,
nós Vos damos graças,
por vossa imensa glória.

Glória, glória a Deus, glória a Deus, glória
E paz na terra aos homens que ama o Senhor. 4x

Senhor Jesus Cristo, Filho Unigénito,
Senhor Deus, Cordeiro de Deus,
Filho de Deus Pai:
Vós que tirais o pecado do mundo,
tende piedade de nós;
Vós que tirais o pecado do mundo,
acolhei a nossa súplica;
Vós que estais à direita do Pai,
tende piedade de nós.

Glória, glória a Deus, glória a Deus, glória
E paz na terra aos homens que ama o Senhor. 4x

Só Vós sois o Santo;
só Vós, o Senhor;
só Vós, o Altíssimo, Jesus Cristo;
com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Ámen.



* LITURGIA DA PALAVRA
Conforme as leituras do leccionário da liturgia do dia.



Aclamação ao Evangelho

Aleluia, a Palavra é Deus em nós 2x
Aleluia, aleluia, aleluia 2x

No final do Evangelho canta-se novamente a Aclamação.



* Homilia



* Credo


Jovem: Creio em Deus Pai, cuja palavra criadora deu origem ao mundo e nos criou livres e responsáveis. Porque Ele é a Vida.

Sacerdote: Acreditais em Deus?

Todos:  Sim, creio.

Jovem: Creio em Jesus Cristo, nascido entre os mais pobres e presente no meio de nós, ressuscitado. Porque Ele é o Senhor.

Sacerdote: Acreditais em Jesus Cristo?

Todos: Sim, creio.

Jovem: Creio no Espírito Santo, que nos foi enviado como dom e nos enche de fortaleza na luta pelo bem. Porque Ele é amor.

Sacerdote: Acreditais no Espírito Santo?

Todos:  Sim, creio

Jovem: Creio na Igreja. Ela está ao serviço da humanidade, solidária com todos os que necessitam de salvação. Porque é mensageira da Boa notícia.

Sacerdote: Acreditais na Igreja?

Todos: Sim, creio.

Jovem: Creio na vida eterna, misteriosamente presente em nós e que há-de desembocar nos novos céus e nova terra.Porque é esta a nossa Esperança.

Sacerdote: Acreditais na vida eterna?

Todos:  Sim, creio.



* Oração Universal

Sacerdote: Irmãos caríssimos: Jesus Cristo, que subiu ao Céus, está para sempre na presença de Deus Pai a interceder em favor de todos os homens.
Neste dia solene da Ascenção, por meio d’Ele, oremos ao Pai, que nos chama a tomar parte na Sua glória, dizendo com alegria: Senhor da Vida, ouvi-nos

Jovem: Nós Vos damos graças pelos Pastores da Igreja enviados por Jesus a anunciar o Evangelho em toda a parte. E Vos pedimos que sejam animados pelo Espírito Santo, oremos ao Senhor.

Jovem: Nós Vos damos graças pelos que buscam a Deus olhando o céu. E Vos pedimos para que O reconheçam também sobre a terra, nos mais pobres, nos que choram ou estão sós, oremos ao Senhor.

Jovem: Nós Vos damos graças pelos nossos pais, que nos trouxeram à vida. E Vos pedimos para que sejam para nós um sinal do amor de Deus e uma escola de valores humanos e cristãos, oremos ao Senhor.

Jovem: Nós Vos damos graças por podermos aprofundar a nossa fé e conhecer-Vos melhor. E Vos pedimos que guieis os nossos passos sempre pelos Vossos caminhos, oremos ao Senhor.

Jovem: Nós Vos damos graças pelos meios de comunicação social ao serviço do homem e por quantos neles trabalham. E Vos pedimos que sejam construtores da civilização do amor e promovam a dignidade humana,oremos ao Senhor.

Jovem: Nós Vos damos graças por todos nós aqui reunidos em assembleia. E Vos pedimos por aqueles que já fizeram parte desta comunidade paroquial e partiram para Vós,oremos ao Senhor.

- Terminada a oração universal procede-se à bênção das cruzes.

Sacerdote: Irmãos, ao procedermos à bênção solene destas cruzes, veneremos com fé o eterno desígnio de Deus que fez do mistério da cruz o sinal admirável da misericórdia divina.
Sempre que olharmos para a cruz, recordemos que nela se consumou o mistério de amor com que Cristo amou a Sua Igreja.
Sempre que veneramos a cruz, tomemos consciência de que somos e nos declaramos discípulos de Cristo e, tomando cada um a sua própria cruz sigamo-LO fiel e generosamente.
Brilhe, pois para nós o mistério da cruz com novo fulgor e possamos assim sentir mais eficazmente o seu poder vivificante.

- Em seguida diz o celebrante:

Sacerdote: 
Todos oram em silêncio durante algum tempo. Depois, o celebrante, diante das cruzes, de braços abertos, reza a oração da bênção:

Oremos:
Senhor, Pai Santo,
que fizeste da cruz do vosso Filho
a fonte de todas as bênçãos +
e a origem de todas as graças,
olhai benignamente para nós, vossos servos,
que apresentamos estas cruzes,
como sinal da nossa fé,
e concedei-nos que vivendo na terra
sempre unidos ao mistério da Paixão de Cristo,
alcancemos no Céu as alegrias eternas da ressurreição.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo...
Todos: Ámen.

- Terminada a bênção, o celebrante asperge-as e os catequistas levam-nas para junto da cruz e das velas.

Cântico do Ofertório

Eu não sou nada e do nada nasci,
mas Tu me amas e morreste por mim.
Perante a cruz eu só posso exclamar,
eu sou Teu, eu sou Teu.

Toma-me as mãos, Te peço,
toma meus lábios, Te amo,
toma-me a vida, ó Pai,
eu sou Teu, eu sou Teu.

Quando de joelhos eu Te adoro, Jesus,
vejo a Tua grandeza e a minha pequenez.
Que posso dar-Te se não o meu ser,
eu sou Teu, eu sou Teu.



* Apresentação dos Dons

Jovem: Senhor, com esta flor vermelha, nós Vos apresentamos, o calor da nossa amizade sincera.

Jovem: Senhor, com esta flor amarela, nós Vos apresentamos, todo o nosso entusiasmo juvenil.

Jovem: Senhor, com esta flor branca, nós Vos apresentamos, a pureza do nosso coração.

Jovem: Senhor, com esta flor azul, nós Vos apresentamos, a nossa confiança num futuro melhor.

Jovem: Senhor, com esta flor de rias cores, nós Vos apresentamos, o nosso desejo de servir a todos como irmãos.

- Segue-se o pão e o vinho em silêncio. A liturgia eucarística desenvolve-se sem novidade.



Santo

Santo, Santo, Santo é o Senhor,
Santo é o Senhor do Universo
O Céu e a terra proclamam
P’ra sempre a Vossa glória, hossana nas alturas.

Santo, Santo, Santo é o Senhor,
Santo é o Senhor do universo.
Bendito Aquele que vem
Em nome do Senhor, hossana nas alturas.

* Cântico de Comunhão

Felizes vós que sois, os pobres que encontrei
Em vós farei viver a minha lei.
Um reino só de Amor, de paz e salvação,
Vós sois o sal da terra, sois o Meu perdão.

Felizes vós que sois um elo de união,
Estais limpos não fecheis o coração.
Vós sois a luz do mundo, no hoje que Eu vos dou
Saciai a vossa fome no pão que em vós sou.

Felizes os pequenos, vós sois filhos de Deus,
É vosso todo o reino do Meu céu.
Cantai e não choreis, a todos já salvai,
Eu sou a vossa glória, sou o vosso rei.

Meu pai é vosso pai, eu sou o Bom Pastor,
É santo o nosso espírito de amor.
“Para que tenham vida”, de carne fiz meu sim
Felizes vós já sois, porque viveis de mim.

Se alguém vos fizer mal, Eu sou a vossa luz
Por vós eu fui pregado numa cruz.
Segui-Me e não temais, o mundo já venci.
Felizes vós já sois, em Mim vos recebi.

Senhor, Te damos graças, cantamos Teu louvor
É nossa vida um hino ao Teu amor.
A Ti nos confiamos, em nosso coração,
És fonte de unidade, dom de salvação.



* Cântico de Acção de Graças

O Senhor é a minha força,
O Senhor é o meu canto,
N’Ele está a salvação,
N’Ele eu confio não tenho medo 2x

No Cântico de Acção de Graças, os adolescentes saem dos seus lugares e, em duas filas, colocam-se ao lado do altar, formando um semi-círculo.
Um deles, no Ambão, diz esta oração:


Jovem: 

Senhor Jesus, que amais a vida
e, ressuscitando, rompestes as cadeias da morte.
Vós nos reunis à volta da Palavra e do Pão.
Vós nos congregais pela força do Vosso Espírito de amor.
Senhor Jesus, sois o centro e o sentido das nossa vidas.

Que alegria sentimos hoje por, ao longo destes anos,
termos descoberto que somos vossa Igreja;
que caminhamos como Povo do Senhor;
que partilhamos a Fé e o Vosso projecto de amor,
servindo os homens nossos irmãos.

Fazei-nos portadores da Vossa Mensagem,
construtores do Vosso Reino,
testemunhas do Vosso projecto de vida.

Senhor Jesus;
queremos viver o Vosso mistério de Vida
no silêncio de um coração agradecido. Ámen.



* Entrega das Cruzes

- Terminada a oração, o sacerdote, já em frente ao Altar com os catequistas, diz em voz alta:

Sacerdote: Recebei estas cruzes, sinal do Amor universal de Deus em Cristo, que morreu por vós e ressuscitou.

Todos: Ámen

- Em seguida, cada adolescente aproximar-se-á do sacerdote. Receberá a cruz na mão, beijando-a. O sacerdote dirá: 

Sacerdote:  Vai e sê testemunha!

- O adolescente responde:

Jovem: Cristo vive, Aleluia!

* Cântico final

Guiado pela mão com Jesus eu vou,
sigo como ovelha que encontro Pastor.
Guiado pela mão com Jesus eu vou,
aonde Ele vai. 2x

Se Jesus me diz: amigo deixa tudo e vem Comigo
Como posso resistir ao Seu amor?
Se Jesus me diz: amigo deixa tudo e vem Comigo,
minha mão porei na Sua irei com Ele.

Se Jesus me diz: amigo deixa tudo e vem Comigo
Como posso ser feliz sem ir com Ele?
Se Jesus me diz: amigo deixa tudo e vem Comigo
seguirei o Seu caminho e irei com Ele.


HÉLDER GONÇALVES

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...